Seguidores

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Diferenças entre suplementos alimentares e anabolizantes

Terapeuta ortomolecular

Na ortomolecular trabalhamos com o uso de suplementos alimentares, que são vitaminas, proteínas, aminoácidos, ácidos graxos, oligoelementos, e alguns fitoterápicos. Nunca é usado nenhum tipo de medicação, muito menos o uso de anabolizantes e esteróides, que normalmente são medicações hormonais de uso controlado e especifico. Falar de suplementos alimentares é falar de produtos normalmente fabricados dentro de normas exigentes, controladas e aprovadas pelo Ministério da Saúde. 

Suplementos alimentares como, por exemplo, o Whey Protein que é feito a partir do soro do leite da vaca, onde se extrai a melhor proteína e vários aminoácidos e vitaminas fundamentais, contribuem para o melhor funcionamento de diversos órgãos do nosso corpo, como o fígado, os rins, pâncreas, pulmões, ossos e coração. Seu consumo beneficia os músculos e quando tomado em conjunto com exercícios bem elaborados fornece nutrientes para que os eles enrijeçam. O efeito pode ser aparentemente similar ao de um anabolizante, porém sem nenhum efeito colateral e sem a explosão muscular.
Neste caso citei o Whey Protein, mas existem diversos suplementos alimentares de qualidade, o que ressalta a importância de verificar se o produto possui o registro do Ministério da Saúde, tanto para produtos nacionais como para os importados. Além disso, é importante lembrar que sempre que o uso dos suplementos alimentares com a finalidade de emagrecimento, enrijecimento e aumento de tamanho e força muscular deverá ser indicado de forma personalizada.

Os suplementos prontos e já industrializados se apresentam como uma saída segura e bem mais acessível para quem busca equilíbrio e melhora da imunidade corporal. Um suplemento alimentar, por melhor que seja, jamais substituirá uma boa dieta alimentar ou um tratamento médico específico. Afinal, como o próprio nome diz, suplemento é algo que existe para completar, portanto é um complemento alimentar, e nunca um substituto.

Whey protein é uma proteína em pó de alta qualidade a partir do leite de vaca. O leite possui duas proteínas: caseína (cerca de 80%) e Whey Protein (cerca de 20%). Whey protein é mais solúvel que a caseína e também tem um rating de qualidade superior. É muitas vezes referido como o "Gold Standard" da proteína, pois são as proteínas mais nutritivas disponíveis, de acordo com o Whey Protein Institue for a Healthy Whey of Life.
Para não confundir as coisas, as melhores definições para o que são os esteróides anabolizantes e o que é o Whey protein, são as seguintes:

Segundo a Unifesp, esteróides anabolizantes são drogas fabricadas para substituírem o hormônio masculino produzido pelos testículos, chamado Testosterona. Os anabolizantes ajudam no crescimento dos músculos (efeito anabólico) e no desenvolvimento das características sexuais masculinas como: pelos, barba, voz grossa etc (efeito androgênico). São usados como medicamentos para tratamento de pacientes que não produzem quantidade suficiente de Testosterona.


Quando se busca uma suplementação alimentar é importante saber a qualidade do que se está consumindo, assim como é importante saber escolher os alimentos que se vai consumir. Dentro da Terapia Ortomolecular que pratico é fundamental entender a origem dos nossos alimentos e suplementos, saber fazer a melhor combinação de nutrientes para promover um equilíbrio saudável para toda a família.

Tipos de anabolizantes

Deca-Durabolin (NANDROLONA)

É um tipo de anabolizante injetável, utilizado para a obtenção de massa muscular e é conhecida também como Nandolona, seu princípio ativo. É um dos anabolizantes mais utilizados no Brasil.

Durateston

É um tipo de esteroide injetável, é composto por 4 tipos de testosterona, que são: Decanoato de testosterona, Fenilpropianato de testosterona, Isocaproato de testosterona e Proprianato de testosterona.

Winstrol (STANOZOLOL)

É um anabolizante que pode ser encontrado na forma injetável ou em comprimidos. É um tipo androgênico (hormônio masculino) de forma moderada que é convertido em estrógeno (hormônio feminino).

GH (SOMA TROFINA)


É conhecido como o hormônio do crescimento e se trata de um composto de 191 aminoácidos. É um medicamento novo, caro e de curta validade. Pode causar deformidades em dedos, mandíbulas, dores nas articulações e nos músculos e alteração óssea do crânio. As vantagens que são oferecidas para quem utiliza GH é sua capacidade de fortalecer os órgãos, aumento do desempenho atlético e o aumento de massa sem gordura.

Hemogenim (OXIMETOLONA)


É um tipo de anabolizante em forma de comprimido que pode ficar no corpo por até 2 meses. É utilizada principalmente por culturistas e fornece ao usuário força e massa corporal. É um tipo androgênico transformado em estrógeno.

Clembuterol

Trabalha como estimulante de propriedades semelhantes à adrenalina. É um tipo termogênico e atua no corpo por 48 horas.

Anavar (OXANDROLONA)

Aumenta a explosão muscular e é um tipo androgênico convertido em estrógeno.

Proviron (MESTEROLONA)

Ele evita que um esteroide masculino seja transformado em um feminino e auxilia na redução dos efeitos colaterais (quando é associado a um esteroide).

Equipoise (BOLDENONA)

É um tipo de anabolizante de uso veterinário e causa o aumento de massa.


Textos retirados  do site Minha Vida e http://suplementos-alimentares.info/
http://www.minhavida.com.br/alimentacao/materias/11838-diferencas-entre-suplementos-alimentares-e-anabolizantes
http://suplementos-alimentares.info/mos/view/Anabolizantes/

2 comentários:

  1. Boa tarde.
    Muito obrigado pelas dicas, já tive vontade de tomar anabolizantes mas nunca tive coragem.
    Eu sempre compro suplemento no site www.suplementosrm.com.br, vcs teriam um outro lugar para indicar?

    ResponderExcluir
  2. Rafael, você está certo, não faça uso de anabolizantes, faz muito mal ao seu organismo.
    Indico o site de um amigo, o www.bodynet.com.br/mistermonster
    Bons treinos !

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...