Seguidores

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

10 Dicas para quem vai correr a São Silvestre 2013

10 Dicas para quem vai correr a São Silvestre 2013

Dica 1
Reduza o volume e intensidade dos treinos, uma semana antes, poupando a energia para o dia da corrida.

Dica 2
Se hidrate bem uma semana antes da prova, principalmente um dia antes da prova.

Dica 3
Um dia antes da prova, evite beber bebidas alcoólicas e alimentos gordurosos . Prefira alimentos ricos em carboidratos(massas), frutas, cereais e saladas.

Dica 4
Um dia antes da prova, evite treinar, tire o dia para descansar e dormir cedo.

Dica 5
No dia da prova tente chegar cedo, pelo menos uma hora antes  do inicio da largada. (largada do pelotão geral às 9:00 horas).

Dica 6
Não esqueça de passar protetor solar, no minimo fator 30.

Dica 7
Não corra em jejum, tome seu café da manhã normalmente, se não estiver acostumado a comer nada pela manhã, coma pelo menos uma fruta(maça ou banana), ou uma barra de cereal. Pelo menos uma hora antes da largada.

Dica 8 
Comece o seu aquecimentos pelo menos 30 minutos antes da largada com um trote de 10 minutos e depois um alongamento. Não esqueça de ir ao banheiro  e se posicione na largada 10 minutos antes.

Dica 9
Corra no ritmo em que treinou e que estar acostumado a correr, não se empolgue em acompanhar os outros corredores, pois cada um tem o seu ritmo de corrida e evite correr mais rápido nas descidas, pois além do risco de lesão, pode ficar cansado na hora de enfrentar a  famosa subida da "Avenida Brigadeiro Luis Antônio", pois são dois quilômetros de subida.

Dica 10
Não deixe de se hidratar durante a corrida e depois, pegue água nos postos de hidratação e se tiver bebe bebidas isotônicas também.



A equipe do Vivendo A Vida Correndo deseja uma boa prova.

sábado, 28 de dezembro de 2013

Iguana Sports divulga o calendário de provas para 2014

No ano de 2013, a Iguana Sports contou com um calendário com as provas mais Premium em corridas de rua.  Em 2014, esses eventos estão de volta com ainda mais novidades!
Confira o calendário completo:

Athenas: O maior circuito de distâncias progressivas do Brasil está com você para evolução da sua corrida.
São 3 etapas de corrida ao longo do ano,  com opções de 5km ou 10km na primeira etapa,
5km, 8km ou 16km, na segunda e, 5km, 16km e 21km, na última.
Datas:

Athenas 10K - 5km e 10km
23/3 – Rio de Janeiro (RJ)
18/05 – São Paulo (SP)

Athenas 16K – 5km, 8km e 16km
27/07 – São Paulo (SP)
10/08 – Rio de Janeiro
Athenas 21K – 5km, 10km e 21km
19/10 – Rio de Janeiro
02/11 – São Paulo

Mais informações no site:
http://www.circuitoathenas.com.br/2014/



Wings For Life - Nova!- O Wings For Life World Run é o primeiro evento no qual o mundo inteiro pode correr junto, simultaneamente. Este formato de corrida inovador signfica que no dia 4 de maio de 2014, às 10h TUC, e as horas equivalentes em todo o mundo, milhares de competidores começarão a correr em mais de 40 países em todo o mundo. Neste dia todo o mundo vai correr junto.

Data:
4/05 – Florianópolis

Mais informações no site:


Golden Four Asics : O melhor evento de meia maratona do pais, percurso e estrutura de primeira linha, comparável aos grandes eventos mundiais. Golden Four é excelência. São quatro meias-maratonas disputadas nas cidades de Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, com alta performance e velocidade!
Datas:
23/03 – POA
06/04 – RIO
03/08 – SP
09/11 – BSB

Mais informações no site:




WRun:  Milhares de mulheres curtem uma corrida repleta de estilo e beleza. WRun é mais
que uma marca esportiva. É uma corrida sob medida para iniciantes, que podem caminhar ou correr os 4 km, e também possui a distância de 8km, para as corredoras que gostam de uma prova mais longa. No dia anterior da prova rola uma Day care com atrações especiais como massagem, manicure e aulas de dança.
Datas:
São Paulo: 16/03
Rio de Janeiro: 24/04

Mais informações no site:
http://corridawrun.com.br/2014/
 

Energizer Night Race-  Essa é a corrida noturna mais iluminada de São Paulo. No clima de festa, muitas atrações esperam os 7.000 corredores. Além da corrida, a prova conta com DJ, shows, painéis interativos de foto, efeitos de luz e ativações especiais.  Os corredores podem optar pela distância de 5km ou 10km.
Data:
24/05 – USP – São Paulo

Mais informações no site:
www.energizernightrace.com.br





Run the Night 
A primeira meia maratona noturna de revezamento, volta com mais diversão, cores e festa. É possível correr os 21km individualmente, em duplas ou quarteto.
Prepare-se para uma experiência de diversão nos 21km!
Data:
30/08 – São Paulo
  




Mundo Kids  6ª edição
O primeiro contato com saúde e qualidade de vida dos pequenos é no Mundo Kids, uma corrida feita especialmente para crianças. Mas a corrida é só mais um dos atrativos do evento. É um dia inteiro com um monte de atrações especialmente desenvolvidas para a criançada de 2 a 12 anos que correm de 50 a 400 metros em baterias ao longo do dia.
Data:
11/10 – São Paulo
 

Corrida Cartoon
A aventura continua em 2014. Uma experiência inesquecível! Contato com o universo e personagens Cartoon Network para crianças de 4 a 14 anos.
Data:
21/09 – São Paulo


E ainda mais...
Vênus 10k
Diversão, saúde e beleza na maior corrida feminina do Brasil. Liberte sua corrida no 5km ou 10 km. São Paulo e Rio de Janeiro
Datas em breve
Nike Rio Corre 10k
Grandeza! Os eventos mais esperados do calendário running, com interatividade, sintonia com universo digital. É o evento de corrida mais jovem do Brasil.
Data em breve



segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Feliz Natal




O Vivendo a Vida Correndo deseja a todos um Feliz Natal com muita saúde, paz, felicidade e que seus sonhos se realize neste Natal em família e muitos quilômetros de corrida.

Continue Vivendo a Vida Correndo!!!!

Um forte abraço em todos!!!


sábado, 21 de dezembro de 2013

Dia do Atleta

Dia 21 de Dezembro é dia do Atleta.



A palavra atleta vem do grego e significa uma pessoa que pratica esportes, ou que tem capacidade física (como força, resistência ou agilidade) acima da média. Na Antiguidade, atleta era aquele que combatia nos jogos solenes da Grécia e Roma. Atualmente, a palavra se refere principalmente à pessoa que pratica atletismo ou que participa dos Jogos Olímpicos.



As modalidades de atletismo são as corridas, os saltos e as provas de arremesso. Essas modalidades têm origem muito antiga. Dizem que os celtas inventaram o arremesso de peso, por exemplo. Mas hoje em dia, as esferas de metal usadas nesta modalidade pesam 16 libras (7,257 kg). Era exatamente o peso da bala dos canhões ingleses no começo do século 19! Os ingleses inventaram o arremesso de balas de canhão!


Os Jogos Olímpicos, que são realizados a cada quatro anos, reúnem os maiores atletas do mundo para competir. 
Você sabia que o esporte faz parte da vida do ser humano há milênios?
O esporte ajuda:

No crescimento físico,
A lidar com medos e frustrações,
A jogar de acordo com as regras,
A fazer amigos,
A jogar em equipe,
A solucionar problemas.
Como diz o velho ditado, o importante é praticar, e não competir.
As pessoas fazem esportes pelo prazer de correr ao ar livre, jogar bola e compartilhar momentos agradáveis com amigos.
Chame seus amigos e vá se divertir!!!



Parabéns para todos atletas, seja amadores, profissionais, de final de semana. O importante é fazer atividade física.



Muitas vezes, enfrenta vários problemas para treinar, acorda muito cedo, as vezes não conta com recursos, financeiros, material, profissional e sempre esta vendedor seus desafios, e superando obstáculos e seus limites!!!





quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Técnico analisa percurso da São Silvestre 2013




Largada: Tradicionalmente em frente ao monumental MASP (Museu de Artes de São Paulo), este ano o site da organização divulga que a largada será nas proximidades da Alameda Ministro Azevedo, alguns metros à frente. Como a largada não será ampliada para duas vias e nem será dada em ondas, com a maior quantidade de inscritos - a organização espera cerca de 25.000 - ficará ainda mais difícil correr, caso você não largue nos pelotões de elite.
Logo
Se chegar cedo para pegar um bom lugar ficará ali espremido por muito tempo e certamente terá sua prova comprometida. O negócio é sair lá atrás, relaxar e correr mais para curtir a prova, sem muita preocupação de tempo. Caso saia nos pelotões de elite, recomendamos que aqueça bem e treine para sair forte, pois a multidão sai desenfreada e poderá te atropelar. Pelos mesmos motivos, procure largar mais pelas laterais e não pelo meio, onde mais gente fica concentrada.

Primeiro km: Após 500 metros de reta, o corredor já encontrará o Túnel José Roberto Fanganiello Melhem, com leve descida - a 1.a do percurso - e em seguida leve subida. Até ali a massa estará caminhando ou trotando muito leve, dado a grande quantidade de participantes. Não se preocupe com o tempo nesse momento da prova, pois realmente, nessas condições, será muito difícil correr. Já os corredores de elite e mais experientes poderão até acelerar e ganhar alguns preciosos segundos, sabendo que em seguida haverá descidas longas e a possibilidade de recuperar o fôlego.


Segunda descida: Seguindo a Av. Dr. Arnaldo, com cerca de 1.100 metros de prova, em frente ao Hospital Emílio Ribas, haverá uma curva à direita e a grande e íngreme descida da Rua Major Natanael. É sem dúvida um dos pontos mais arriscados e polêmicos da prova, onde o ritmo deverá ser muito controlado e consciente.

É possível que o fluxo da massa já esteja melhor, mas ainda não valerá a pena querer correr forte e tentar recuperar o tempo perdido, pois o corredor poderá se machucar e ou comprometer o restante da prova. Procure inclinar um pouco o tronco para trás e amortecer mais com os calcanhares, poupando bem seus joelhos e evitando queda para frente. Caso esteja chovendo o cuidado deverá ser dobrado.

Terceira descida: Passada a Major Natanael, esse ano o percurso irá pelo lado direito do famoso Estádio do Pacaembu e o corredor encontrará mais uma descida bem íngreme pelo caminho. A técnica e a preocupação deve ser a mesma. Nada de tentar correr forte, pois a prova ainda estará no começo.

Imagino que a maioria dos atletas de elite passará em ritmo forte, mas mesmo estando bem preparados, alguns também poderão pagar o preço mais para frente, pois o ditado “ para baixo todo santo ajuda” é um grande engano.

Encontrando seu ritmo: Finalmente passamos o estádio e seguimos no sentido centro da cidade, com leve inclinação da Pacaembu. Com três quilômetros de prova e melhor fluxo, já dará para ter uma noção de como realmente estará seu corpo no dia. Momento de finalmente começar a correr em seu ritmo.

Mudanças: Seguindo a Pacaembu por cerca de mais dois quilômetros, haverá uma entrada à direita, na Rua Margarida, em seguida a Alameda Olga, onde há uma segunda subida acentuada de aproximadamente 300 metros. Esta será uma das mudanças do percurso, seguindo por mais quatro ruas e avenidas novas: Tagipuru, Fuad Naufel (quinta descida), Auro Soares e Mario de Andrade para passar em frente ao Memorial da América Latina. Ao atravessar a Pacaembu, seguir uns 200 metros em frente e retornar novamente a Pacaembu, estando com cerca de seis quilômetros de prova.

Terceira subida e sexta descida: Viaduto Pacaembú com subida curta, mas considerável e a céu aberto e logo em seguida descida na altura de 6.200 metros de prova. Dá para tentar subir mais rápido e em seguida recuperar o fôlego na descida. Seguindo então pelas avenidas Dr. Abraão Ribeiro, Marquês de São Vicente e Rua Norma Pieruccini Giannotti, que são planas, porém totalmente desprovidas de sombra.

Quarta subida e ponto bem crítico: Viaduto Eng. Orlando Murgel - Muito se falou da subida da Brigadeiro, mas acreditamos que este seja um dos pontos mais difíceis da prova. Ele começa bem no quilômetro oito, com uma elevada subida e sem qualquer tipo de sombra, salvo se o tempo estiver nublado.

Em algumas edições, os vencedores da prova começaram destacar-se dos demais por ali. É um ponto onde o corredor deve agora inclinar o tronco mais à frente, pisar mais com a parte anterior dos pés, movimentar mais os braços e procurar não olhar muito para frente, para não se assustar com a inclinação.

Para muita gente a corrida é comprometida ou até mesmo termina por ali. Passada a subida vem uma descida leve (sétima), e em seguida uma leve subida, que seria a quinta da prova, para depois entrar na Av. Rio Branco, ponto também longo e plano.

Mais novidades no percurso: Av. Duque de Caxias, pista da direita (no contra fluxo), como ocorria nas edições anteriores à de 2011; a Av. São João, em um trecho inédito, e o Largo do Arouche, completando dez quilômetros ou dois terços da prova.

Av. Vieira de Carvalho, sentido Bairro, Praça da Republica, contornada pelo lado de trás, Av. Ipiranga (no contra fluxo) e novamente a Av. São João ( também no contra fluxo) passando pelos pontos antigos do Largo do Paysandu, Rua Conselheiro Crispiniano(sexta subida), Praça Ramos de Azevedo, o tão belo Teatro Municipal, Viaduto do Chá e Rua Líbero Badaró.

Mais subida na prova: Com cerca de 12,5 quilômetros de prova passa-se pelo Largo São Francisco, ponto onde há também uma íngreme subida, que será a sétima do percurso e última antes da temida Brigadeiro. Vale fazer um pouco mais de esforço para subi-la, pois bem em seguida haverá um trecho plano e uma leve descida (oitava), onde o corredor poderá se recuperar, organizar suas forças e concentrar para finalmente começar a subir a Brigadeiro Luis Antônio.

Av. Brig. Luís Antônio, oitava e última subida: Praticamente dois quilômetros de subida, porém com bastante sombra e muita gente incentivando no percurso. Aqueles que costumam treinar subidas, dê preferência no final dos treinos, e que se pouparem mais durante a prova, provavelmente tirarão de letra. 

Mais uma vez vale inclinar o tronco a frente, pisar mais com a parte da frente dos pés, movimentar mais os braços, não olhar muito para cima, concentrar-se ao máximo ou receber o maravilhoso carinho e incentivo das pessoas. Ela é sim muito dura, principalmente no quilômetro 14, bem embaixo ao Viaduto 13 de Maio. Mas a garra, a determinação, as muitas sombras e o incentivo da população serão grandes aliados.

Chegada: Finalmente termina a subida aos 14.500 metros. Dali já será possível avistar a tão esperada curva da Avenida Paulista. Entra-se à direita como nos bons tempos (eu acreditava que a organização iria ceder à pressão) e corre-se os últimos 500 metros, passando triunfante em frente às arquibancadas, recebendo o imenso carinho da população para completar os 15 quilômetros, cruzar a tão almejada faixa de largada e comemorar muito!




Texto escrito pelo Treinador Nelson Evêncio e retira do site www.webrun.com.br

http://webrun.uol.com.br/corridasderua/n/percurso-da-sao-silvestre-2012/14319

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...